Pernambuco: Um dos Melhores Polos do Mergulho Recreativo no Brasil! - OceanHub
Pernambuco: Um dos Melhores Polos do Mergulho Recreativo no Brasil!

Pernambuco: Um dos Melhores Polos do Mergulho Recreativo no Brasil!

Para os amantes do mergulho recreativo, o estado de Pernambuco, no Nordeste do Brasil, simplesmente contempla 03 (três) grandes polos para a prática do Mergulho Recreativo de Turismo e Lazer – MRTL. Conheça Pernambuco: Um dos Melhores Polos do Mergulho Recreativo no Brasil!

O primeiro polo fica na cidade de Ipojuca, mais especificamente na praia de Porto de Galinhas, no litoral sul da Região Metropolitana do Recife, com suas belas piscinas naturais, límpidas, cristalinas e quentes com 30 graus de temperatura. Em Porto de Galinhas funcionam várias operadoras de mergulho que fazem a prática do mergulho para iniciantes, o chamado “Batismo” ou “Discovery SCUBA” em profundidades seguras entre 3 e 4 m, para aquelas pessoas que não possuem credenciamento de mergulho e se aventuram a fazer sua primeira experiência com o equipamento SCUBA. As operadoras de mergulho trabalham com cursos de mergulho em todos os níveis do mergulho recreativo, além de existirem também 4 (quatro) naufrágios disponíveis para visitações em profundidades de 33 a 45 m para prática do mergulho profundo, mergulho técnico e mergulho com rebreathers.

Pernambuco: Um dos Melhores Polos do Mergulho Recreativo no Brasil!
Pernambuco: Um dos Melhores Polos do Mergulho Recreativo no Brasil!

O segundo polo, famoso internacionalmente é o Arquipélago de Fernando de Noronha, um conjunto de ilhas vulcânicas que é um Distrito de Pernambuco e fica a 540 km de Recife, Rumo 60 graus de navegação. Muito famosa pelas águas azuis, limpas, cristalinas e quentes, com 28 graus de temperatura, existem dezenas de pontos de mergulho dentro da Área de Preservação Ambiental – APA; existindo também lindos mergulhos fora da área de preservação com pontos de mergulho em nível básico ao mergulho técnico com misturas Trimix.

Em todo arquipélago existem pontos de mergulhos maravilhosos como a Pontas das Sapatas, Buraco do Inferno, Pedras Secas, Lage do Sancho, entre outros até a famosa Corveta Ipiranga a 63 m de profundidades, muito procurada pelos mergulhadores técnicos de todo o mundo; os mergulhos na Corveta geralmente são efetuados na configuração de cilindros duplos ou Side Mount com mistruras Trimix, com stages de Nitrox e oxigênio para uma descompressão efetiva e segura; também muito visitados pelos mergulhadores técnicos com Circuito Fechado, “Close Circuit Rebrethers – CCR”, que permitem um bom tempo de fundo estendido, com descompressão também muita segura.

Os mergulhos em Noronha são maravilhosos, onde podemos encontrar uma imensa diversidade de animais marinhos como tartarugas, golfinhos e uma variedade de peixes que vai das diversas espécies de tubarões, até os mais variados cardumes. A ilha principal de Fernando de Noronha tem como o ponto Ccentral a Vila dos Remédios, antiga capital quando Fernando de Noronha era Território Federal. Possui apenas uma BR 01 com diversas entradas para as praias mais lindas do Brasil como Sancho, Baía dos Porcos, Praia do Cachorro, Praia do Meio, Conceição entre outras.

Pernambuco: Um dos Melhores Polos do Mergulho Recreativo no Brasil!
Pernambuco: Um dos Melhores Polos do Mergulho Recreativo no Brasil!

Na ilha existem 03 (três) operadoras de mergulho que fazem as operações de mergulhos dentro da APA e mais 03 operadoras de mergulho que fazem mergulhos maravilhosos de praia no Porto Santo Antônio e nas áreas que não fazem parte da APA. A maioria das operadoras, além de darem um excelente suporte nas operações de mergulho, também ministram cursos de mergulho recreativo em todos os níveis do curso básico ao profissional. Uma excelente opção de turismo subaquático com a família durante as férias e todos os meses do ano.

O terceiro e principal polo de mergulho em Pernambuco, por incrível que pareça é a capital pernambucana. Recife é considerada “A Capital Brasileira dos Naufrágios”; sem dúvida a capital mais visitada por mergulhadores de todo Brasil e do mundo, para contemplarem os maravilhosos mergulhos nos naufrágios da região, como também para se qualificar, nos mais diversos cursos oferecidos nas operadoras e escolas de mergulho locais. Temos curso básico, avançado, resgate, nitrox, entre outros e principalmente os cursos de mergulho em naufrágios e naufrágio avançado, curso de mergulho técnico com misturas Trimix, cursos de Rebreathers e curso de naufrágio técnico.

Pernambuco: Um dos Melhores Polos do Mergulho Recreativo no Brasil!
Pernambuco: Um dos Melhores Polos do Mergulho Recreativo no Brasil!

Recife passa a ser o principal ponto do Nordeste na formação dos profissionais de mergulho recreativo. O dive center RecDive é uma das escolas de mergulho, específica na formação de mergulhadores e a principal escola na formação e especialização de divemasters e instrutores de mergulho, chegando a realizar até três IDC – Instructor Denvelopment Course (Curso de Treinamento de Instrutor) por ano.

Durante o início da divulgação do mergulho recreativo no Brasil na década de 80, já existiam algumas operadoras que levavam alguns mergulhadores locais e alguns turistas para visitarem os naufrágios naturais que existem no litoral de Recife e Região Metropolitana do Recife. Naquela época tínhamos apenas os seguintes Naufrágios: Areeiro (Marguerita) a 15 m, Vapor de Baixo a 21 m, o famoso Pirapama a 23 m, Batelão de Cima a 26m, Vapor Novo (Vapor dos 48), descoberto na década de 90, porque está a 48 m de profundidade. Todos esses naufrágios estão entre 4 e 30 km de distância da frente do Porto de Recife. Tínhamos ainda o Comandante Alvarenga a 24 m, Chata de Noronha a 31 m, Reboque (Flórida) a 33 m, Vapor Bahia a 25 m em Ponta de Pedras e a Corveta Camacuã a 57 m de profundidade, todos ao norte, numa distância entre 24 a 60 km do Porto da Capital, em frente as cidades de Olinda, Paulista, Itamaracá e Goiana.

Existe ainda também, porém pouco frequentado o Alfama de Lisboa a 18 m e a 6 km da costa, em frete a Praia de Piedade, na Cidade de Jaboatão dos Guararapes. Como Recife passou a ser bem frequentado por mergulhadores de todos os lugares para mergulhar nos famosos naufrágios; exatamente no ano de 1999 um empresário de Recife comprou um rebocador cujo nome era “Marte”, que estava abandonado no Porto do Recife, e simplesmente naufragou a uma profundidade de 33 m, a 14 km da costa da Praia de Serrambi, na cidade de Ipojuca, em frente ao Hotel Serrambi de propriedade do referido empresário. O naufrágio era para servir de ponto de mergulho aos turistas mergulhadores que frequentavam aquele hotel. Um ano depois, a mesmo pessoa comprou o navio Gonçalo Coelho, também abandonado no porto, naufragando na mesma distância, próximo do rebocador Marte.

Nesse local já existia um Galeão naufragado a 33 m de profundidade. Como era na Praia de Serrambi, esse naufrágio passou a ser chamado de Galeão Serrambi; motivo pelo qual o proprietário do Hotel naufragou o Marte e o Gonçalo Coelho, todos próximos um dos outros, em média de 800 metros entre eles, formando um triângulo (Rebocador Marte, Gonçalo Coelho e Galeão Serrambi), todos na mesma profundidade de 33 metros.

Pernambuco: Um dos Melhores Polos do Mergulho Recreativo no Brasil!
Foto: Paula Raposo (@paulafotosub)

Foi quando no ano de 2000, a operadora de mergulho Projeto Mar, que ficava em Boa Viagem, montou um projeto com uma universidade federal, levantando fundos para a compra de três rebocadores desativados da empresa Wilson Sons. Na concretização do projeto, foi naufragado em 2001  os seguintes rebocadores: Lupus, 36 m de profundidade, a 21 km do Porto de Recife, Minuano, 34 m, a 22 km de distância e o Servemar X, 25 m, a 12 km de distância, todos três quase em frente a praia de Boa Viagem. Dois anos depois, a mesma operadora naufragou outro rebocador, o Servemar a 23 m de profundidade e bem próximo do Servemar X. Com o naufrágio desses 4 rebocadores, Recife passou a ser denominado a “Capital Brasileira dos Naufrágios”, que para garantir o título recebido pela comunidade do mergulho, outras operadoras como a Aquáticos e Sea Gate, também se reuniram na época e conseguiram a doação da Wilson Sons de mais três rebocadores, e após conclusão de um projeto com outra universidade, naufragaram em 2006 os seguintes naufrágios: Mercurius, a 29 m, Saveiros, a 29 m, em média de 800 metros de distância entre eles e a 14 Km do Porto de Recife, o Taurus a 25 m, mais próximo da costa; os três em forma de triângulo ficando a um milha e meia depois do Pirapama.

Pernambuco: Um dos Melhores Polos do Mergulho Recreativo no Brasil!
Foto: Paula Raposo (@paulafotosub)

Dois anos depois, foi a vez do rebocador Walsa, que foi naufragado exclusivamente para o mergulho técnico a 23 km do Porto de Recife e a 42 m de profundidade. Apenas nove anos depois, em 2017, foram naufragados mais 4 rebocadores: o São José, Belatrix e Phoenix foram naufragados primeiro, também em forma de triângulo, bem próximos um dos outros a 16 Km do Porto do recife, quase na rota do Flórida, todos três a 30 m de profundidade. Alguns meses depois, no mesmo ano de 2017, foi naufragado o Rebocador Virgo ao lado do Taurus a 25 m, onde podemos fazer um lindo e único mergulho em dois rebocadores diferentes, com uma variedade de fauna, lindos peixes e dezenas de tubarões lixas. Finalmente em 2019, num projeto do Governo Federal, foram naufragados bem próximo da costa da Praia de Tamandaré, litoral Sul de Pernambuco, os rebocadores Natureza e Riobalo, na APA de Tamandaré, com o propósito de produção de pesca. Porém não são explorados para mergulho porque ficam muito próximos do litoral e a água não é muito limpa.


Foto: Paula Raposo (@paulafotosub)

Finalmente Recife fez jus ao título de “Capital Brasileira dos Naufrágios”, somando uma gama de mais de 26 naufrágios disponíveis para o mergulho recreativo de turismo e lazer. Devido a localização geográfica e correntes litorâneas da região, no litoral de Pernambuco prevalece os ventos Sudeste/Leste e Nordeste, brandos durante 70% do ano. Isso colabora para uma navegação quase sempre tranquila, em água azul, limpa e cristalina durante quase o ano todo, atingindo o ápice nos meses de setembro a abril, com uma temperatura média de 28 graus e uma fauna bastante diversa e colorida, fazendo com que os mergulhos nos naufrágios pernambucanos não deixem a desejar a lugar nenhum do Planeta. O mergulhador brasileiro que ainda não mergulhou em Recife, não sabe o que está perdendo; com certeza é o maior e melhor ponto de mergulho do Brasil em águas abertas.

O quê você está esperando? Planeje sua próxima viagem para Recife, conheça as verdadeiras histórias de cada naufrágio e desfrute desse mar maravilhoso, lindo e invejável. Estamos sempre à disposição. Pernambuco: Um dos Melhores Polos do Mergulho Recreativo no Brasil!

Leia mais artigos sobre o tema “Viagens e Turismo”

 

Josualdo Moura

Quem é o autor deste artigo?

Josualdo Moura é SDI/TDI/ERDI/FRTI Instructor Trainer e Gerente Regional Nordeste da International Training Brasil.

Leia todos os artigos deste colunista.



2 comentários

  • Aldo Firefighter
    27/04/2020

    Excelente matéria!!! Mesmo já tendo mergulhado em alguns desses paraísos, (poucos, é bem vdd) inclusive em Noronha, deu vontade de voltar a praticar uns mergulhos de quando em vez! #PadrãoJosualdoDiver

  • Agamenon Paiva
    27/04/2020

    Um espetáculo esse artigo. Muito instrutivo. Principalmente para quem não conhece as riquezas dos mergulhos e a geográfica região oceânica de mergulhos de Pernambuco.. Um trabalho muito bem estruturado nas águas lindas do Recife, Ipojuca, Fernando de Noronha,…
    Interessante saber dos naufrágios.

Publique um comentário

12 − 8 =